quarta-feira, 11 de julho de 2018


ELISA e os Cisnes Selvagens

ESTREIA
28/07/2018


TEATRO JOÃO CAETANO
SÁBADOS E DOMINGOS - 16H


Em um espaço repleto de caixas de mudança, duas mulheres, que estão sendo obrigadas a deixar lugar onde moram, enquanto separam seus pertences, caixas e livros, mergulham na história de Elisa e, vivenciando a história, sentem-se mais fortalecidas a enfrentarem a situação e lutarem também por uma transformação. 
Elisa é uma princesa que enfrenta diversos desafios, como salvar seus irmãos de uma maldição, sofrer um desterro e encarar o preconceito de um povo que não a aceita por ser diferente.

O grupo encontrou no conto a possibilidade de abordar com as crianças questões como a intolerância e a importância do respeito e aceitação do diferente. A encenação utiliza a linguagem do Teatro de Papel, explorando técnicas como pop-up, bonecos bi e tridimensionais, origami, kirigami, sombras, etc, pesquisando as diversas possibilidades que o papel oferece.




Texto - Márcia Nunes e Péricles Raggio
Direção - Péricles Raggio
Elenco - Andreza Domingues e Márcia Nunes
Música - Luciano Antonio Carvalho
Cenário e Figurinos - Miguel Nigro 



segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Um pouquinho da primeira experiência internacional do TEATRO POR UM TRIZ !
Entre os meses de novembro e dezembro de 2017 fizemos uma turnê pela Espanha de 10 apresentações com o espetáculo Pinóquio Etc e Tal e 3 com Águas de L'Avar. 
Confira nosso trabalho sobre a ótica de Toni Rumbau. Gracias !!

http://www.titeresante.es/2017/11/titirijai-2017-michele-caffaggi-teatro-por-um-triz-y-zero-en-conducta/

http://www.titeresante.es/2017/12/titirijai-2017-premios-y-homenajes-michele-caffaggi-la-tartana-rocamora-teatre-joan-baixas-y-revista-artez-aguas-de-lavar/



quinta-feira, 28 de abril de 2016


MOSTRA TEATRO POR UM TRIZ 20 ANOS
SESC Ipiranga de 07/05 a 26/06/2016
Espetáculos | Contações | Oficinas 
confira Agenda

sexta-feira, 13 de março de 2015



O MISTÉRIO DO SAPATO DESAPARECIDO


O Sapatinho de Cinderela foi roubado. Quem o roubou tem um objetivo muito claro: precisa que ele seja alargado. Para isso, o leva para uma sapataria, onde além de dois sapateiros muito divertidos, existe um mundo fantástico onde os sapatos tem vida. Quando entra em cena um Sapato Detetive, à la Sherlock Holmes, a peça se transforma num caso policial. Sua missão é descobrir o paradeiro do sapatinho. Durante a investigação, o Sapato Detetive se depara com diversos sapatos conhecidos das histórias infantis e todos se tornam suspeitos do sumiço do sapatinho.

 Quem o roubou? Elementar, meu caro. Para saber você precisará assistir ao Mistério do Sapato Desaparecido. 


Texto e Direção - Márcia Nunes e Péricles Raggio
Elenco - Andreza Domingues, Márcia Nunes, Péricles Raggio e Wagner Dutra
Música - Luciano Antonio Carvalho
Cenário e Figurinos - Miguel Nigro 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

MALAZARTE EM TODA PARTE



A partir de contos de tradição oral Luciano Carvalho e Péricles Raggio contam a história de um personagem bastante conhecido no folclore brasileiro - Pedro Malazarte. Nestas narrativas, recolhidas por Luis da Câmara Cascudo, Lindolfo Gomes e Sílvio Romero, Malazarte é um sujeito esperto e astucioso, que engana os poderosos, conseguindo muitas vezes tirar proveito até das desventuras surgidas em seu caminho. 
Os dois contadores/cantadores conduzem as histórias de maneira divertida utilizando objetos, mímica e muita música.
FICHA TÉCNICA
Texto - Péricles Raggio
Direção - Márcia Nunes
Elenco - Luciano Antonio Carvalho e Péricles Raggio
Música - Luciano Antonio Carvalho
Figurino - Lucia Lacourt  

domingo, 29 de maio de 2011

VASSILISA, A SABIDA



O que tem dentro de um quadrado?
Num quadrado pode conter muitas coisas: objetos, lembranças, histórias...
Dentro do nosso quadrado há uma nova peça.





Vassilisa, a Sabida, um conto tradicional russo é a inspiração do Teatro Por Um Triz. Num universo lúdico de caixas e tecidos, três atores contam a história desta Cinderela russa de maneira poética e divertida. Lançando mão de técnicas de manipulação direta para dar vida aos seus personagens confeccionados apenas com tecidos.

FICHA TÉCNICA
Direção: Lilian Guerra
Dramaturgia: Teatro Por Um Triz
Elenco: Andreza Domingues, Márcia Nunes e Wagner Dutra
Música: Luciano Antonio Carvalho

segunda-feira, 7 de abril de 2008

PINÓQUIO ETC E TAL


A aventura do boneco de madeira que queria ser gente é contada, de forma original, nesta adaptação do Teatro Por Um Triz. O espetáculo acontece dentro do ambiente de uma marcenaria onde, após receberem uma encomenda inusitada, quatro marceneiros lembram de Pinóquio e, através de materiais existentes na marcenaria – pedaços de madeira e ferramentas – resolvem contar passagens do clássico de Carlo Collodi. Os serrotes viram o monstro marinho que engole Gepeto, o martelo vira personagem do teatro de Papa-Fogo, etc. A montagem de “Pinóquio Etc e Tal” conta com a presença de quatro atores que, além de narrar a história, assumem personagens e manipulam bonecos, mesclando técnicas tais como uma adaptação do Bunraku (centenário teatro de bonecos japonês), teatro de objetos e máscaras.

FICHA TÉCNICA
Texto – Márcia Nunes e Péricles Raggio (a partir da obra de Carlo Collodi)
Direção – Henrique Sitchin
Bonecos e Cenografia – Teatro Por Um Triz e Itamar Medeiros
Trilha Sonora - Loop B
Elenco - Márcia Nunes, Péricles Raggio, Andreza Domingues e Wagner Dutra

O CORONEL E O CURUPIRA



Em um lugar no interior do Brasil, vive um Coronel muito mandão que, como tantos coronéis, acha que pode mandar em todo mundo. Ele deseja que sua filha Ritinha conquiste um noivo rico e decide fazer uma festa onde os pretendentes poderão conhecê-la. Mas Ritinha já está apaixonada por um simples Marinheiro...
O espetáculo apresenta vários elementos do nosso folclore. O lirismo, a festa, o lado alegre e misterioso do imaginário popular são apresentados pelo Bumba-meu-Boi, o Saci, a Cuca e o Curupira. Estes seres fantásticos interferem na vida dos personagens, ajudando o casal - Marinheiro e Ritinha a enfrentar o Coronel.

FICHA TÉCNICA
Texto: Péricles Raggio e Márcia Nunes
Direção: Márcia Nunes
Bonecos e figurinos: Teatro Por Um Triz
Pesquisa musical: Péricles Raggio
Sonoplastia: Loop B
Atuação e manipulação: Péricles Raggio e Márcia Nunes
Técnicas de manipulação: bonecos de luva e de vara

PRINCESAS DAQUI E DALI


O espetáculo é uma adaptação livre de quatro contos de fada, que apresenta às crianças o prazer da leitura, pois através da brincadeira de contar histórias, dois atores vivenciam os personagens, dão as suas versões, recriando as histórias e mostrando como esse hábito pode ser muito divertido.
As histórias apresentadas são: “A Bela Adormecida”, “A Moça Maçã”, “A Princesa Mentirosa” e “Por Que o Mar Tanto Chora”.
Na primeira, bem conhecida por todos, há uma princesa encantada, que sonhando espera por seu príncipe.
“A Moça Maçã”, menos divul
gada, é uma história encontrada no repertório do folclore italiano.
“A Princesa Mentirosa” tem uma personalidade inusitada para uma princesa e através de uma curiosa competição encontra seu companheiro.
Finalmente, “Por Que o Mar Tanto Chora”, integra elementos dos contos de fadas europeus e do folclore brasileiro. A princesa desta história é, simultaneamente, encantada e humana.
Os dois atores contam cada uma destas histórias utilizando bonecos, objetos, adereços, máscaras, canções e vários outros recursos da linguagem cênica. De forma poética e bem humorada, o público infantil e adulto é envolvido pelas histórias, até o “E foram felizes para sempre...”.


FICHA TÉCNICA
Texto: Péricles Raggio e Márcia Nunes
Bonecos e figurinos: Teatro Por Um Triz
Atuação e manipulação: Péricles Raggio e Márcia Nunes

PATINHO FEIO - O VOO DE ANDERSEN


A vida do autor Hans Christian Andersen - de sua infância pobre até o reconhecimento como grande escritor - e duas de suas obras: O Soldadinho de Chumbo e O Patinho Feio, são contada pela Cia Teatro Por Um Triz. 
Neste espetáculo atores, bonecos de manipulação direta (baseada no Bunrako) e silhuetas se relacionam pra contar a história.  

FICHA TÉCNICA
Concepção e Produção - Cia Teatro Por Um Triz; Direção - Cris Lozano; Texto - Márcia Nunes, Péricles Raggio e Andreza Domingues; Elenco - Márcia Nunes, Péricles Raggio, Andreza Domingues e Wagner Dutra;Trilha Sonora - Loop B; Bonecos - Sidney Caria e Teatro Por Um Triz; Desenhos das Silhuetas - Charles Mos; Figurino – Teatro Por Um Triz.